Obrigada pela visita!




Crie glitters aqui!


terça-feira, 11 de março de 2014

Lembrancinha de flor: Plante seu jardim e decore sua alma.

No planejamento do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães foi feita esta lembrancinha de flor com o caule de balas:


 O objetivo desta lembrança é refletir sobre o poema de Willian Shakespeare, principalmente sobre a última parte do poema que diz: Plante seu jardim e decore sua alma.


Para fazer esta lembrancinha você vai precisar de:
*Papel color set rosa e amarelo, (ou outra cor que preferir);
*Fita de cetim fina na cor verde;
*Balas;
*Cola quente ou cola brascoplast;
*Saquinho colorido;
*Mensagem: Você aprende;
*A última parte do poema, onde fala: plante seu jardim e decore sua           alma e a fase: Então receba esta flor para iniciar o seu jardim!




Você Aprende

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade. E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno. 
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, pois o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, ao passo que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol pode queimar se ficarmos expostos a ele durante muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe: algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e, por isto, você precisa estar sempre disposto a perdoá-la.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva um certo tempo para construir confiança e apenas alguns segundos para destruí-la; e que você, em um instante, pode fazer coisas das quais se arrependerá para o resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que, de fato, os bons e verdadeiros amigos foram a nossa própria família que nos permitiu conhecer. Aprende que não temos que mudar de amigos: se compreendermos que os amigos mudam (assim como você), perceberá que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou até coisa alguma, tendo, assim mesmo, bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito cedo, ou muito depressa. Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que verdadeiramente amamos com palavras brandas, amorosas, pois cada instante que passa carrega a possibilidade de ser a última vez que as veremos; aprende que as circunstâncias e os ambientes possuem influência sobre nós, mas somente nós somos responsáveis por nós mesmos; começa a compreender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que se pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se deseja tornar, e que o tempo é curto. Aprende que não importa até o ponto onde já chegamos, mas para onde estamos, de fato, indo – mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar servirá.

Aprende que: ou você controla seus atos e temperamento, ou acabará escravo de si mesmo, pois eles acabarão por controlá-lo; e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada ou frágil seja uma situação, sempre existem dois lados a serem considerados, ou analisados.

Aprende que heróis são pessoas que foram suficientemente corajosas para fazer o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências de seus atos. Aprende que paciência requer muita persistência e prática. Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, poderá ser uma das poucas que o ajudará a levantar-se. (…) Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido: simplesmente o mundo não irá parar para que você possa consertá-lo.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás. Portanto, plante você mesmo seu jardim e decore sua alma – ao invés de esperar eternamente que alguém lhe traga flores. E você aprende que, realmente, tudo pode suportar; que realmente é forte e que pode ir muito mais longe – mesmo após ter pensado não ser capaz. E que realmente a vida tem seu valor, e, você, o seu próprio e inquestionável valor perante a vida.
Willian Shakespeare

Com certeza todos vão gostar muito!

Lembrancinha: Minha Cidade, Minha Jucuruçu

Essa lembrancinha foi feita para um planejamento semanal, onde estávamos trabalhando com o projeto: Minha Cidade, Minha Jucuruçu e para adequar a lembrança ao planejamento fizemos um cartão mensagem com um poema sobre o Rio Jucuruçu.
Veja como ficou:




Foi feito um cartão com o papel color set e dentro foi colocado o poema e como sempre um doce:
O Rio Jucuruçu

O Rio de minha cidade
Tem um nome interessante
É de origem Tupi Guarani
E significa cobra gigante.

Nasce em Felizburgo bem pequeno
Vai crescendo devagar
Passando por vários lugares
Até no Prado desaguar.

Por onde tem passado
Foi sinônimo de fertilidade,
Mas em troca tem recebido
As sujeiras da cidade.

Sei que é nosso dever
Fazer algo para mudar
Conscientizar todo o povo
A ele melhor.

Suas águas tem diminuído
Com suas margens descobertas.
Se ele acabar a cidade acaba
Fica aqui a o alerta.

Vamos cuidar do Rio
Que é nossa identidade
Fazendo matas ciliares
E limpando de verdade.

Aos colegas, professores
E a toda população
Vamos salvar o nosso rio
E fazer educação.

Pois se nada agora fizermos
Vou perder a esperança
De ter um rio limpo e bonito
Ele vai ficar apenas na lembrança.






LEMBRANÇA EM FORMA DE SAPINHO

Essa é uma lembrança pedagógica feita com papel color set, foi colocado um rosto de sapo em um saco com duas mensagens, sendo uma mensagem reflexiva e a outra engraçada e colocamos doces para adoçar a vida. Veja como ficou legal:






Foram colocadas as mensagens, todos gostaram muito:

1ª mensagem para descontrair o planejamento:

FÁBULA DO SAPO PROFESSOR:

Era uma vez uma linda menina, muito sabida e bonita que passeava distraidamente quando deparou-se com um sapo falante.

O pobrezinho do Sapo estava debilitado e apavorado com aquela sua triste figura e assim pediu à linda garota: - Salva-me deste feitiço, que me lançou a Bruxa, bastando que me dê um beijo, quando vou retornar ao que era: Um professor de matemática e aí poderemos nos casar e sermos felizes para o resto da vida...



A menina muito curiosa e calculista, colocou o sapo na sua bolsa e seguiu, tranquilamente, o seu caminho em busca de suas aventuras.


Passaram os dias e nada da menina beijar o sapo, que muito decepcionado reclamou e pediu, mais uma vez, que a menina o beijasse para quebrar o encantamento, ao que a sabida da pestinha assim revelou:

- Eu, hein!!!

- Um sapo falante vai render para mim muito mais dinheiro do que um simples professor de matemática!



2ª mensagem para refletir:

Era uma vez uma competição de sapinhos. Eles tinham que subir uma grande torre.
Atrás, havia uma multidão, para torcer por eles.
Começou a competição.
E à medida que os sapinhos iam subindo, todos diziam:
_ Não vão conseguir, é muito difícil! É muito alto!
E os sapinhos iam desistindo, todos iam caindo um por um.
E a multidão continuava:
_ Não vão conseguir, não vão conseguir!
E os sapinhos iam ouvindo e desistindo, caindo um por um.
 Até que só sobrou um, que terminou a competição sendo o vencedor.
Quando chegou lá embaixo, todos vieram parabenizar o sapinho. E todos queriam saber, como ele conseguiu, qual era o seu segredo, até que descobriram que o sapinho era surdo.


Muitas vezes devemos agir assim como o sapinho, surdos para a voz da multidão.
E atentos para ouvir a voz da fé. Pois a fé é individual. Se a multidão não tem a fé para chegar onde você deseja chegar, vai na sua fé e não ouça ninguém.
Deus abençoe!




Lembrancinha Pedagógica: Flor em formato de coração

Esta lembrancinha foi feita para o planejamento semanal da Escola Municipal Cecília Meireles que fica em Jucuruçu-ba.



A flor foi feita em papel color set estampado e como caule foi utilizado um palito de picolé colorido e dentro foi colocado uma mensagem reflexiva. Ficou bem legal.




Material necessário:
*Papel color set;
*Tesoura;
*Palitos de picolé coloridos;
*Mensagem reflexiva, de sua escolha;
*Um doce para ser entregue junto, para adoçar a vida.


[dobradura+coração-flor.bmp]

Escolhi esta mensagem:


E ao final foi colocada uma etiqueta, veja como ficou:

domingo, 16 de fevereiro de 2014

OS PROFESSORES DE MINHA ESCOLA.

No 1º ano com as professoras Renilda Rodrigues, Pâmela Mota, Alexandra e Iracema Siqueira;
Os aluninhos aprendem com muito carinho a ler e a escrever sem nenhum dilema.


No 2º ano com as professoras Adriana Moura, Elissandra Mª, Vilma Gomes, Juliana Martins e Luzinete Ferreira todos aprendem a somar, interpretar, produzir sempre a sorrir.

















sábado, 23 de novembro de 2013

Professor Jucuruçuense emociona a todos na internet com imagens da cidade e de moradores

Era uma vez…  Assim começa uma boa recordação!
Elson Paulo, 43, professor na cidade de Jucuruçu/ba, começou um trabalho que tem emocionado muitos no facebook postando fotos da antiga Jucuruçu e de seus moradores. Para ver todas as fotos postadas pelo professor Elson Paulo entre e faça uma visita na página do facebook dele. 
Quando a frase “era uma vez…” aparece na página, vem acompanhada de uma surpresa, uma saudade, um riso e até mesmo uma lágrima, por que não?
Foto retratando uma visão geral de Jucuruçu
Às vezes a diferença entre a “Cidade do Chumbo” e Jucuruçu é tão gritante, que reconhecer o local onde a foto foi tirada se torna um verdadeiro desafio, entre ‘chutes’ e acertos há sempre muitos comentários, inclusive de pessoas que migraram da nossa cidade e tem o privilégio de matar um pouco da saudade.
Essa matéria foi postada pelo Jornal Jucuruçu Online e quando li essa matéria achei muito interessante, pois em Jucuruçu temos dificuldades em encontrar registros de nossa história, o Jornal Jucuruçu Agora junto com o Blog Valéria Santana Educar tem iniciado um trabalho de registros sobre  Jucuruçu, onde já se encontram muitos fatos da história da nossa terra, terra essa que não é minha de naturalidade, mais a qual finquei raízes e amo como se fosse a minha terra natal.
Quer saber mais sobre Jucuruçu? Faça uma busca nos arquivos do Jucuruçu Agora e do blog www.valeriasantanaeducar.blogspot.com neles você encontrará fatos, curiosidades e símbolos de nossa cidade.
Por Valéria Santana com informações de: José Alves